Mercado Municipal de São Paulo

Mercado Municipal de São PauloUma ótima dica de passeio é o Mercadão, como é carinhosamente conhecido o Mercado Municipal de São Paulo. Construído há quase 80 anos, a arquitetura, os vitrais, as comidas, as frutas são convites aos olhos e ao paladar (não muito ao bolso, mas vá lá, você pode só olhar).

Um lugar ótimo para encontrar aquela pimenta que não se vê em outros lugares, alguma carne exótica, um pastel de feira cheio de óleo e com uma fila monstra pra comer … São Paulo… pastel move essa cidade.

Na parte superior há restaurantes que servem desde o tradicional sanduba de mortadela (clássico, prove se tiver coragem e estômago forte) até sushi. No horário do almoço normalmente é bem cheio e há listas de espera. Fique ligado e pergunte aos garçons onde é a fila para esperar por uma mesa e quantas pessoas estão na frente. Normalmente as comidas mais “comuns” como o japonês e uma pizzaria em extremos opostos, ficam mais vazias.

Dica de Sobrevivência: NUNCA se deixe levar pela beleza e gosto das frutas do Mercadão. A maioria esmagadora das barracas de frutas vendem MUITO caro. Você pode sair com 100 reais a menos na carteira e uma sacolinha com 1 kilo de frutas, fácil, fácil. Se liga, perdido!

Dica de Sobrevivência 2: A menos que faça parte do passeio, evite chegar ao mercado pela rua 25 de Março. Muito cheia, confusa e com bastante malandro pronto pra deixar seu bolso mais leve.

[rating:4]

11 thoughts on “Mercado Municipal de São Paulo

  1. Com 2 anos morando em SP, não perdi a vontade de conhecer o mercadão. Sempre que vou ou está fechado, ou acabo tendo que ir para outro lugar.

    Parabéns pelo novo blog Manoel. Gostei!

  2. Eu conheço 3 patetas que caíram nessa conversa mole das frutas… e uma nem tinha a desculpa de ser turista. 😛

    Não dá pra chegar de metrô e não passar pela 25…

  3. @Helder, isso acontece muito comigo também. Morei 1 ano e pouco em Londrina e não conheci o (único) museu de lá, antigão, montado em uma estação de trem alemã. Imagina, né? Lindão. Não conheço.

    @Lu, até que dá, mas dá uma volta desgraçada 😛 Melhor arriscar atravessar a 25 mesmo. É só não fazer “cara de turista” que tá tudo certo.

    E é, eu também conheço esses 3 bobões que caíram na lábia do fruteiro (ou frutista). 😉

  4. Manoel
    achei seu blog bem bacana e de grande serventia, mas não concordo com o que vc escreveu sobre o pastel do Mercadão.
    Já comi lá por várias vezes e sempre esteve ótimo.
    Lembrando, se o produto é bom sempre haverá fila, pois a procura será sempre maior.

  5. para comprar itens (queijos, bebidas, secos e molhados em geral) mais barato que no Mercadão, visite a rua santa Rosa, que fica perto da antiga Prefeitura, uma travessa da avenida Mercúrio, que dá no mercadão. É menos cheio e bem mais barato.

  6. Concordo com o João Carlos, materias internacionais, TV, gravações, jornais, Chefs de cozinha não aprovariam o Pasel de Bacalhau do Hocca se não fosse bom. Sempre como lá e dou uma dica experimentem o Belíssima – Lanche de mortadela do Hocca é uma delícia.

    Beijos

  7. la vai quem tem condiçoes financeiras ou nao vai; qndo vou compro tanto peixes quanto frutas, queijos, azeites, adoro cozinhar e la é o melhor local para encontrar produtos de qualidade.

  8. sou louca pra conheçer esse mercado ainda vou la e vou comer o famoso pastel ! e comprar aquelas frutas maravilhosa. me aguarde!

  9. A MELHOR DICA É A DAS COMPRAS NA RUA SANTA ROSA !
    TÃO BOM QUANTO O MERCADÃO E MUITO MAIS BARATO !

    E TENHO DITO !
    ABS E ÓTIMO BLOG !!!

  10. Concordo que o preço praticado no mercado não é dos mais amigáveis, porém, as frutas ali encontradas, têm como diferencial a qualidade e, muitas delas são exóticas e difíceis de se encontrar em outro local. Quem procura um produto diferenciado tem que pagar mais caro por isso, é justo.

Fazer um comentário