4 dicas para você que não gosta de carnaval, se divertir em São Paulo

Ponte Octavio Frias de Oliveira © Danny Lehman/Corbis
Ponte Octavio Frias de Oliveira © Danny Lehman/Corbis

Há quem diga que São Paulo é o melhor lugar para quem gosta de sossego, aproveitar feriados prolongados. Parece estranho e até contraditório para uma cidade tão agitada, não é? Mas é que nessas épocas, por incrível que pareça, São Paulo vira quase uma cidade fantasma já que, normalmente, a maioria dos paulistas e paulistanos costumam aproveitar, além dos feriados, o calor ou o frio para viajar. Como consequência, quem fica por aqui não precisa enfrentar engarrafamentos, filas, lugares lotados, etc.

No carnaval, não é diferente para nenhum dos casos. Por isso, selecionei cinco dicas para você que não gosta de carnaval – ou prefere trocar o cansaço da agitação e folia, por um bom descanso com passeios light – se divertir e aproveitar ao máximo.

Turismetrô pelo bairro da Liberdade

Turismetrô é um passeio turístico que faz uso do metrô como meio de transporte. No início de janeiro, foi incluída na lista de roteiros, o passeio no bairro da Liberdade, que passa por restaurantes típicos, pelo Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, templos budistas e ruas do comércio. Um guia turístico bilíngue acompanha o grupo – que é formado por até 25 pessoas – e apresenta a história, cultura, arte, culinária tradicional, etc.

Local: Concentração na estação da Sé do Metrô.
Dia: aos Domingos
Horário: A partir das 14hs
Valor: Um bilhete de metrô, que custa hoje R$ 2,90.

Feira de Arte e Artesanato da Praça Benedito Calixto

A Feira de Arte e Artesanato da Praça Benedito Calixto é bem conhecida em São Paulo por reunir em um único lugar, obras de arte, antiguidades, artesanatos em geral e, mais do que isso, cultura de todas as partes do país. Tem mais de 300 barracas com artigos criados pelos artistas e designers que se juntam com o público totalmente diversificado que frequentam o local.

Entre os produtos vendidos estão: Discos de vinil, bijouterias, livros, roupas, móveis rústicos e/ou restaurados, quadros, louças, objetos de decoração em geral, etc.

A praça conta também com vários locais que vendem comidas típicas, além de uma grande quantidade de bares de rua com cerveja barata e chorinho pelo Canário do Pandeiro e Seu Regional –  – a partir das 14hs. Há também outras apresentações musicais, incluindo a apresentação de corais às 18hs, no encerramento da feira.

Local: Praça Benedito Calixto, s/n – Pinheiros – São Paulo – SP. Próximo a estação Clínicas do Metrô.
Dia: aos Sábados
Horário: Das 9hs às 19hs
Valor: Gratuito

Parque do Ibirapuera

Monumento às Bandeiras de Victor Brecheret © Peter.M.Wilson/Corbis
Monumento às Bandeiras de Victor Brecheret © Peter.M.Wilson/Corbis

No Parque do Ibirapuera você pode correr, pedalar – há possibilidade de alugar bicicletas no Portão 3 -, andar de skate, de patins, jogar basquete, vôlei, cartas, dominó, passear com seu cachorro, com seus filhos, ler um livro sentado em um banco em frente a uma linda paisagem, relaxar deitado na grama debaixo de uma árvore, apreciar a fonte, alimentar os cisnes negros do lago, além de visitar o Museu de Arte Moderna, o Pavilhão da Bienal, o Pavilhão Japonês, o Planetário, a Oca e, claro, o Viveiro.

Não é o tipo de passeio que você faz em apenas um dia e vale muito a pena passar um final de semana aproveitando todas as atrações.

Local: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n – Vila Mariana – São Paulo – SP
Dia: Diário
Horário: Das 5hs às 24hs
Valor: Gratuito
Informações: (11) 5574-5177 | www.prefeitura.sp.gov.br

Exposições

São Paulo também tem uma grande diversidade de exposições culturais, históricas, artísticas, de design, entre outras. “A essência e a história dos aromas”, “A Grande Arca”, “Amor pela Vida na Estação Ciência”, “Arte Sacra nos Palácios do Governo: Aquisição, Conservação, Exposição”, “Caixa Cultural traz ‘Sete Vezes Cidade’, especial para o aniversário de São Paulo”, “Exposição de fotos mostra a arquitetura de São Paulo”, “Exposição Maurice Prowizur”, “Exposição temporária, acervo do museu e oficina para crianças no MASP”, “Lugares da Memória – Resistência e Repressão em São Paulo”, “O retorno da Coleção Tamagni”, “Os Primeiros Dez Anos” e “Tipocriaturas” são algumas delas.

O local, dia, horário, valor e informações, depende da exposição que você pretende ver. Clique no nome da exposição que deseja saber mais detalhes.

Fazer um comentário